O que significa??

Vcs já perceberam como tudo na moda tem um nome??! Desde uma tendência simples de estampa até uma peça inteira. Pensando nisso resolvi tirar algumas dúvidas.  Pra começar vamos pros queridinhos da mulherada, os sapatos:

Espadrille:

Sandália que é feita com espartos, um tipo de palha, trançados na sola do calçado. Outros materiais rústicos, como ráfia, juta e cordas trançadas de palha, também são utilizados. A  tendência foi lançada no final dos anos 1960, por Yves Saint Laurent.

Scarpin:

Sinônimo de luxo e elegância, o scarpin é o calçado feminino que esconde os dedos do pé e é fechado na parte de trás. O bico pode ser fino, arredondado ou quadrado. Um scarpim deve ter salto. A medida é de no mínimo 4 cm, e se o salto for maior do que 10 cm, o scarpim passa a ser chamado de stiletto

Peep Toe:

Os peep toes se caracterizam por deixarem os dedos do pé a mostra. Porém dentro dessa categoria há diversas opções, alguns são com a lateral totalmente fechada, outros são mais “decotados”, com uma estrutura no calcanhar separado da parte da frente, conhecido como modelo saia e blusa. Os saltos também variam, alguns são flats, outros médios (podem ser salto fino ou não) e há também os peep toes com saltos altíssimos.

 

Mule:

São sapatos de origem marroquina os modelos são abertos atrás e fechados na frente.

 

Oxford:

O Oxford é um sapato fechado com cadarço, que ganhou esse nome porque virou febre entre os estudantes da Universidade de Oxford, na Inglaterra, por volta do século 17.

Ankle Boot:

São botas que não têm cano, ou que o cano é baixo, no máximo até o tornozelo.

E ai gostaram???

Anúncios